RIO DE JANEIRO, 1978

ficção, 5minutos, cor ,16mm, 2017

Direção | Luiz Roque

Produtora | Groch Filmes

Distribução | Mendes Wood DM

Sinopse | Parte da pesquisa realizada pelo artista Luiz Roque, o filme feito em 16mm aproxima a escultura moderna à cultura quer, tendo o corpo como conexão entre elas. O fogo como símbolo de desejo e violência, representa o antagonismo típico vivido pela comunidade trans no Brasil, e também remete ao incêndio que destruiu grande parte do acervo do Museu de Arte Moderna do RJ em 1978.